ANÁLISE ESTRATÉGICA DO CROWDFUNDING E SUA RELAÇÃO COM O MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIR

Frederico de Andrade Gabrich, Bruno Alves Apolinário

Resumo


O grande desafio para as startups – empresa cujo modelo de negócio é pautado na incerteza e que buscam desenvolver produtos/serviços inovadores – é a obtenção de financiamento para o exercício de sua atividade negocial. O crowdfunding tem sido a ferramenta mais utilizada para essa finalidade. Não obstante a eficiência que esse instrumento possa propiciar, a falta de regulamentação, conjugada com a ausência de segurança jurídica daí decorrentes, tem impedido o acesso das startups ao Mercado de Capitais brasileiro. Objetiva este estudo, a partir da Análise Estratégica do Direito, demonstrar a possibilidade de conjugar esses dois instrumentos.

Palavras-chave


Mercado de Capitais; Valores Mobiliários; Crowdfunding; Análise Estratégica do Direito.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei 6.385, de 7 de dezembro de 1976. Dispõe sobre o mercado de valores mobiliários e cria a Comissão de Valores Mobiliários. Vade Mecum RT. 11.ed. rev., ampl. e atual. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2015. Disponível, também, em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6385.htm > . Acesso em: 17 maio 2017.

BRASIL. Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006. Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/Lcp123.htm >. Acesso em: 17 maio 2017.

BRASIL. Lei Complementar 155, de 27 de outubro de 2016. Altera a Lei Complementar no 123, de 14 de dezembro de 2006, para reorganizar e simplificar a metodologia de apuração do imposto devido por optantes pelo Simples Nacional. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/Lcp155.htm >. Acesso em: 17 maio 2017.

COCATE, Flávia Medeiros; PERNISA JÚNIOR, Carlos. Crowdfunding: estudo sobre o fenômeno virtual. Líbero, Revista do Programa de Pós-graduação da Faculdade Cásper Líbero, ano XV, jun. de 2012, n.º 29. Disponível em: . Acesso em: 22 dez. 2016.

CVM. Edital de Audiência Pública n.º 06/2016. . Acesso em: 15 maio 2017.

______. Instrução Normativa CVM n.º 400, de 29 de dezembro de 2003. . Acesso em: 15 maio 2017.

______. Instrução Normativa CVM n.º 578, de 30 de agosto de 2016. . Acesso em: 15 maio 2017.

______. O mercado de valores mobiliários brasileiro. 3.ed. Rio de Janeiro: Comissão de Valores Mobiliários, 2014. 376p.

GABRICH, Frederico de Andrade. Análise Estratégica do Direito. Belo Horizonte: Universidade Fumec – FCH, 2010. Disponível em: < http://www.clubedeautores.com.br/book/21796--ANALISE_ESTRATEGICA_DO_DIREITO> .

PITTA, Andre Grünspun. A possibilidade de emissão de debêntures por sociedade limitada regida supletivamente pela lei das sociedades por ações. In: AZEVEDO, Luís André N. de Moura. CASTRO, Rodrigo R. Monteiro. Sociedade Limitada Contemporânea. São Paulo: Quartier Latin. 2013, p. 515/530).

RIES, Eric. A startup enxuta: como os empreendedores atuais utilizam a inovação contínua para empresas extremamente bem sucedidas. São Paulo: Lua de Papel, 2012.

VALIATI, Vanessa Amália Dalpizol. Crowdfunding e Indústria Cultural: as novas relações de produção e consumo baseadas na cultura da participação e no financiamento coletivo. Verso e Reverso, ano XXVII, n.º 64, jan.-abr. 2013. Disponível em: . Acesso em: 22 dez. 2016.

VEIGA, Marcelo Godke. OIOLI, Erik Frederico. As Sociedades Limitadas e o Mercado de Capitais. In: AZEVEDO, Luís André N. de Moura. CASTRO, Rodrigo R. Monteiro. Sociedade Limitada Contemporânea. São Paulo: Quartier Latin. 2013, p. 627/663.




DOI: http://dx.doi.org/10.21902/2526-0235/2017.v3i1.1957

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Direito Empresarial, Florianópolis, e-ISSN: 2526-0235

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.