BICHO DE SETE CABEÇAS: DISCURSOS E CONSTRUÇÕES SOCIAIS SOBRE O USO DE DROGAS E A INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA.

ANA LETÍCIA VALLADÃO GIANSANTE, SERGIO NOJIRI

Resumo


O presente artigo tem como finalidade, a partir da relação entre Cinema e Direito, bem como de uma abordagem interdisciplinar, identificar os discursos e construções sociais existentes sobre as questões das drogas e da internação compulsória. Para tal fim, utilizou-se o filme “Bicho de Sete Cabeças”, o qual reflete uma realidade atual e levanta problemas que precisam ser discutidos no âmbito jurídico, tendo em vista o risco de violação de direitos assegurados pela Constituição Federal. Dessa forma, busca-se realizar uma reflexão crítica sobre as temáticas e suscitar o debate com vistas à promoção de direitos de grupos socialmente estigmatizados.


Palavras-chave


“Bicho de Sete Cabeças”; Construções Sociais; Discursos; Drogas; Internação Compulsória

Referências


BRASIL. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 2.704, de 2015. Institui o Programa Nacional de Recuperação de Dependentes Químicos. Disponível em: . Acesso em: 01 maio 2017

_____________. Câmara dos Deputados. Projeto de Lei nº 5.251, de 2016. Torna obrigatória a internação de dependentes químicos que não tenham familiares em estabelecimentos de saúde autorizados. Disponível em: . Acesso em: 01 maio 2017.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Relatório da 4ª Inspeção Nacional de Direitos Humanos: locais de internação para usuários de drogas. Brasília: Conselho Federal de Psicologia, 2011. Disponível em: < https://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2012/03/2a_Edixo_relatorio_inspecao_VERSxO_FINAL.pdf>. Acesso em: 01 maio 2017.

GUARESCHI, Neuza Maria de Fátima; LARA, Lutiane de; ECKER, Daniel Dall'Igna. A internação compulsória como estratégia de governamentalização de adolescentes usuários de drogas. Estud. psicol. (Natal), Natal, v. 21, n. 1, p. 25-35, 24 Mar. 2016. Disponível em . Acesso em 31 Mar. 2017.

JORGE, Miguel R; FRANCA, Josimar MF. A Associação Brasileira de Psiquiatria e a Reforma da Assistência Psiquiátrica no Brasil. Rev. Bras. Psiquiatr., São Paulo , v. 23, n. 1, p. 3-6, Mar. 2001 . Disponível em . Acesso em 01 May 2017

LAPLANTINE, François. Antropologia dos sistemas de representações da doença: sobre algumas pesquisas desenvolvidas na França contemporânea reexaminadas à luz de uma experiência brasileira. In: JODELET, Denise (org.). As representações sociais. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 2001.

LARANJEIRA, Ronaldo. Legalização de drogas e a saúde pública. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 15, n. 3, p. 621-631, May 2010 . Disponível em . Acesso em 31 Mar. 2017.

MENDEZ, Juan E. Report of the Special Rapporteur on torture and other cruel, inhuman or degrading treatment or punishment. Genebra: United Nations, 2013.

MOSCOVICI, Serge. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis/RJ: Vozes, 2003.

MOTA, L. A. Pecado, crime ou doença? Representações sociais da dependência química. 246 f. Tese (doutorado em sociologia). Universidade Federal do Ceará: Fortaleza, 2008.

OMS (Orgs.). Relatório sobre a saúde no mundo. Saúde Mental: nova concepção, nova esperança. . Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2016, p. 88.

Organização Mundial da Saúde (Orgs.). Neurociências: consumo e dependência de substâncias psicoativas. Genebra: OMS, 2004. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2016.

PÊCEGO, Antonio José F. de; NETO, Zaiden Geriage. Crack: internação compulsória e cidadania. Disponível em: < http://www.ajuris.org.br/OJS2/index.php/REVAJURIS/article/view/291>. Acesso em: 10 maio 2016.

PINTO, Leila de Oliveira; OLIVEIRA, Daniele Jesus de; DUARTE, Fabia Maria Ribeiro. Grupo Informativo: estratégia de redução de danos para pessoas apreendidas por consumo/porte de drogas ilícitas. Interface (Botucatu), Botucatu , v. 19, supl. 1, p. 965-973, 2015. Disponível em . Acesso em 31 Mar. 2017.

REIS, Carolina dos; GUARESCHI, Neuza Maria de Fátima; CARVALHO, Salo de. Discursos sobre Família e Risco nas Internações Compulsórias de Usuários de Drogas. Disponível em . Acesso em 24 Mar. 2017.

_____________. Sobre jovens drogaditos: as histórias de ninguém. Psicol. Soc., Belo Horizonte , v. 26, n. spe, p. 68-78, 2014. Disponível em . Acesso em 25 Mar. 2017.

ROMANINI, Moises; ROSO, Adriane. Midiatização do crack e estigmatização: corpos habitados por histórias e cicatrizes. Interface (Botucatu), Botucatu, v. 18, n. 49, p. 363-376, Julho 2014. Disponível em . Acesso em 25 Mar. 2017. Epub Mar 17, 2014.

ROUSSELET, Felipe. Dependência química: internação é solução? Fórum. 2013. Disponível em: . Acesso em: 01 maio 2017.

________________. Dartiu Xavier: “Internação Compulsória seria Inaceitável em Países de Primeiro Mundo”. 2015. Disponível em: < http://spressosp.com.br/2013/01/24/dartiu-xavier-internacao-compulsoria-seria-inaceitavel-em-paises-de-primeiro-mundo/>. Acesso em: 01 maio 2017.

RÜSCH, Nicolas (et. al). Emotional reactions to involuntary psychiatric hospitalization and stigma-related stress amon people with mental illness. Eur Arch Psychiatry Clin Neurosci (2014). Disponível em: < http://link.springer.com/article/10.1007/s00406-013-0412-5#page-1>. Acesso em: 12 maio 2016.

SCISLESKI, Andrea Cristina Coelho; MARASCHIN, Cleci. Internação psiquiátrica e ordem judicial: saberes e poderes sobre adolescentes usuários de drogas ilícitas. Psicol. estud., Maringá , v. 13, n. 3, p. 457-465, Sept. 2008 . Disponível em . Acesso em 24 Mar. 2017.

SILVEIRA, Dartiu Xavier da. Dependência não se resolve por decreto. Disponível em: < http://adepolrj.com.br/adepol/noticia_dinamica.asp?id=9835>. Acesso em: 01 maio. 2017.

TOLEDO, Lidiane; GONGORA, Andrés; BASTOS, Francisco Inácio P. M.. À margem: uso de crack, desvio, criminalização e exclusão social – uma revisão narrativa. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 22, n. 1, p. 31-42, Jan. 2017 . Disponível em . Acesso em 25 Mar. 2017.

WURDIG, Karolina Kuhn; MOTTA, Roberta Fin. Representações midiáticas da internação compulsória de usuários de drogas. Temas psicol., Ribeirão Preto , v. 22, n. 2, p. 433-444, dez. 2014 . Disponível em . Acesso em 25 mar. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.26668/IndexLawJournals/2525-9911/2017.v3i1.2105

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.