OS SELOS AMBIENTAIS E A MODESTA CONSCIENTIZAÇÃO DOS CONSUMIDORES DO MUNICÍPIO DE BARRA DO GARÇAS - MATO GROSSO

Marcel Carlos Lopes Félix, Vanessa Ferreira Barbosa

Resumo


Com o aumento da população mundial, a crise ambiental toma forma complexa, devido ao mal uso dos recursos naturais esgotáveis. Diante disso, os Selos Ambientais surgiram para divulgar as práticas para com o meio ambiente e informar aos consumidores acerca do processo produtivo. Nesse passo, o objetivo da pesquisa foi verificar o nível de informação dos consumidores a respeito dos Selos Ambientais na cidade de Barra do Garças, Mato Grosso, em outubro de 2017. Foi realizada pesquisa de campo e bibliográfica, adotado o método hipotético-dedutivo e analisados os dados por amostragem.


Palavras-chave


População mundial; Crise ambiental; Selos Ambientais; Informação; Consumidor consciente.

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 14020: rótulos e declarações ambientais, princípios gerais. Rio de Janeiro, 2002.

BARBIERI, J. C. Gestão ambiental empresarial: conceitos, modelos e instrumentos. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

BARROS, J. D. S.; FREITAS, L. S. Rotulagem Ambiental: um estudo sobre os fatores de decisão de compra de produtos orgânicos. VII SEGET – Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia – 2010. Disponível em: . Acesso em: 23 setembro 2017.

BIAZIN, C. C.; GODOY, A. M. G. O selo verde; uma nova exigência internacional para as organizações. Anais do XX Encontro Nacional de Engenharia da Produção e VI International Conference on Industrial Engineering and Operation Management. São Paulo, p.1-8, 30 de outubro a 01 de novembro de 2000 (publicado em CD). Disponível em: . Acesso em: 25 outubro 2017.

BIAZIN, C. C. Rotulagem Ambiental: um estudo comparativo entre programas. Dissertação apresentada ao Programa de Pós Graduação em Engenharia da Produção da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2002.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em: . Acesso em: 23 novembro 2017.

BRUNDTLAND, G. H. Nosso futuro comum: Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Novembro 2006. 2. ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1991.

CAMPOS, L.; KOHLRAUSCH, A. K.; SELIG, P. M. A influência dos rótulos ambientais no processo de compra de produtos orgânicos. Encontro Anual da ANPAD 28, 2004. Curitiba. EnANPAD, 2004. Disponível em: . Acesso em: 23 outubro 2017.

CANDEMIL, R. Mudanças de paradigmas para uma sociedade sustentável: um novo desafio para o Direito brasileiro? Monografia apresentado ao programa de Pós-graduação em Direito da Faculdade de Direito da UFRS. Porto Alegre, 2012.

DEUS, N. S.; FELIZOLA, M. P. M.; SILVA, C. E. O consumidor socioambiental e seu comportamento frente aos selos de produtos responsáveis. Revista Brasileira de Administração Científica. Aracaju, v. 1., p. 32-54, 2010.

EcoD – Selo ambiental da ABNT - Colibri. Disponível em: http://vivagreen.com.br/noticias/a bnt-lanca-selo-ecologico-inedito-para-eletroeletronicos/> Acesso em: 23 outubro 2017.

EMBALAGEM SUSTENTÁVEL – Auto declaração, símbolos e logotipos. Disponível em: Acesso em: 25 outubro 2017.

FSC - Forest Stewardship Council – Selo ambiental. Disponível em: Acesso em: 23 outubro 2017.

GRUETZMANN, P. Q. Direito de informação do consumidor e rotulagem de alimentos. Trabalho de Conclusão de Curso defendido na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, UNIJUÍ em 2015. Santa Rosa-RS.

HOLT-GIMENEZ, Eric; ALTIERI, Miguel A.; ROSSET, Peter. Posição Política da Food First n. 12: Dez razões pelas quais a Aliança por uma Nova Revolução Verde, promovida pelas Fundações Rockfeller e Bill & Melinda Gates, não resolverá os problemas de pobreza e fome na África Subsahariana. Oakland, Califórnia, EUA. 2006.

INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia. Disponível em: . Acesso em: 25 outubro 2017.

IBD – Instituto Biodinâmico Selo de Qualidade Ambiental. Disponível em: Acesso em: 25 outubro 2017.

KOHLRAUSCH, Aline Knopp. A Rotulagem Ambiental no Auxílio à Formação de Consumidores Conscientes. 2003. 153f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Programa de Pós-graduação em Engenharia de produção, UFSC, Florianópolis.

MAPA, Ministério da Agricultura, pecuária e Abastecimento. Disponível em: . Acesso em: 23 novembro 2017.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 7. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2010.

MOURA, A. M. M. O mecanismo de rotulagem ambiental: perspectivas de aplicação no Brasil. IPEA – Boletim Regional, urbano e ambiental. N.07, p.11-21, jan-jun 2013. Disponível em: . Acesso em: 26 outubro 2017.

NAKAHIRA, E.; MEDEIROS, G. A. Rotulagem Ambiental: o caso do setor de cosméticos. Trabalho de Conclusão do Curso de Gestão Empresarial apresentado na Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba (FATEC-ID) do Centro de Ensino e Educação Tecnológico Paullo Souza. Espírito Santo do Pinhal, v. 6, n. 02, p. 544-563, mai/ago 2009.

OLIVEIRA, E. B.; CASTRO, A. C. F.; RAIMUNDINI, S. L.; STRUMIELLO, L. D. P. Desenvolvimento sustentável e produção mais limpa: estudo de caso em uma empresa do setor moveleiro. ConTexto, Porto Alegre, v. 9, n. 16, 2º semestre 2009.

PREUSSLER, M. F.; MORAES, J. A. R.; VAZ, M.; LUZ, E.; NARA, E. O. B. Rotulagem Ambiental: Um estudo sobre a NBR 14020. XIII SIMPEP – Bauru, SP, Brasil, 06 a 08 de nov. de 2006.

PEREIRA, D. E. S.; BITTENCOURT, V. O direito à informação em matéria ambiental como pressuposto para a participação democrática e exercício da cidadania no Estado brasileiro. Revista Jurídica – CCJ. ISSN 1982-4858. v. 17, n. 34, p. 79-96, jul./dez. 2013. Disponível em: . Acesso em: 25 outubro 2017.

QUARTIM, E. Rotulagem ambiental. Publicado em 21 de setembro de 2011. Disponível em: . Acesso em: 21 novembro 2017.

SABATUCCI, M. A. C. A percepção do consumidor das marcas de uma empresa com práticas sustentáveis: Empresa exemplo Unilever. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Administração do Instituto de Ciências Econômicas e Gerenciais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2012. p. 55-57.

TEIXEIRA, R. C. Marketing verde: fator de decisão na hora da compra. Trabalho de conclusão de curso apresentado a Universidade Cândido Mendes. Rio de Janeiro, 2009.

VIEIRA, S.; PERASSI, R. Gestão do design: a percepção da Imagem da Marca. Revista Estudos em Design (online). Rio de Janeiro: v. 21, n. 2 (2013), p. 01-21, ISSN 1983-196X.

WESENDONCK, A. P.; ARAÚJO, R. Rotulagem Ambiental: um estudo sobre a criação de um selo verde para os laboratórios da UFPR. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado a Universidade Federal do Paraná. p. 24. Curitiba, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.26668/IndexLawJournals/2525-9687/2018.v4i1.4439

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.