OS PRIMÓRDIOS DOS DIREITOS HUMANOS DA IDADE ANTIGA ATÉ A IDADE MÉDIA NA HISTÓRIA DA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL

Gisele Laus da Silva Pereira Lima

Resumo


O presente artigo busca a partir da matriz teórica do historicismo jurídico e sua dinâmica metodológica, valer-se de duas premissas: a história da civilização ocidental da Idade Antiga até a Idade Média e as transformações e o tratamento jurídico decorrentes do período, para apresentar o resgate histórico do desenvolvimento dos direitos humanos, frutos de uma constante construção contra a própria tirania do homem sobre o homem e do Estado, pois os primórdios sobre noções de dignidade, as proteções, conquistas, direitos e até restrições se explicam pela história.


Palavras-chave


Direitos Humanos; Contexto Histórico; Civilização Ocidental; Idade Antiga; Idade Média.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTAVILA, Jayme. Origem dos direitos dos povos. São Paulo: Ícone, 1989.

BARROS, Sérgio Resende de. Direitos humanos: paradoxo da civilização. Belo Horizonte: Del Rey, 2003.

BARROS, Sérgio Resende de. Contribuição dialética para o constitucionalismo. Campinas: Millennium, 2008.

BARROS, Sérgio Resende de. Simplificação do controle de constitucionalidade. Disponível in http://www.srbarros.com.br/pt/simplificacao-do-controle-de-constitucionalidade.cont. Acesso em 16.10.16.

BARROS, Sérgio Resende de. Noções sobre as Gerações de Direitos. Disponível em. Acesso em 16.10.16.

BECCARIA, Cesare. Dos delitos e das penas. Trad. Torrieri Guimarães. 1ª ed. São Paulo: Hemus, 1974.

BETTENCOURT, Estevão. Inquisição.Disponível em. Acesso em 04.11.11.

BITTAR, Eduardo e C.B. ALMEIDA, Guilherme Assis de. Curso de Filosofia do Direito. São Paulo, Atlas, 2001.

BURNS, Edward McNall; LERNER, Robert E.; MEACHAM, Standish.História da Civilização Ocidental. vol. 1. 44 ed. Tradução de Donaldson M. Garschagen. São Paulo: Globo, 2000.

CASTARDO, Hamilton Fernando; CANAVEZZI, Gustavo Escher Dias; NIARADI, George Augusto. Lições de Direito Constitucional em Homenagem ao Prof. Dr. Sérgio Resende de Barros. Campinas: Millennium, 2007.

COMPARATO, Fábio Konder. A Afirmação Histórica dos Direitos Humanos. 7ª ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

DALLARI, Dalmo de Abreu. Elementos de Teoria Geral do Estado. 19ª ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

FASSO, Guido. Historia de la Filosofia delDerecho: antigüedad y edad media. Madrid: Pirâmide, 1982, v. 1.

FERREIRA FILHO, Manoel Gonçalves. Curso de direito constitucional. 36ª ed. São Paulo: Saraiva. 2010.

FERREIRA FILHO, Manoel Gonçalves. Direitos Humanos Fundamentais. 12ª ed. São Paulo: Saraiva. 2010.

GARDENAL, Emerson Marinaldo. História do Direito Penal Brasileiro – 1500 a 1940. Piracicaba: Moinho Editorial. 2011.

GRIMAL, Pierre. História de Roma. Tradução de Maria Leonor Loureiro. São Paulo: UNESP, 2010.

GONZALEZ, Everaldo TadeuQuilici; VELAZQUEZ, Victor Hugo Tejerina. Direito e Política. 11ª ed. Piracicaba: UNIMEP, 2006.

GONZALEZ, Everaldo T.Q. A Filosofia do Direito na Idade Antiga. Rio Claro: Obra Prima Editora, 2005.

KURY, Adriano da Gama. Dicionário da Língua Portuguesa. 1ª ed. São Paulo: FTD, 2001.

LAFER, Celso. A Reconstrução dos Direitos Humanos: Um diálogo com o pensamento de Hannah Arendt. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

LOPES, José Reinaldo de Lima. O Direito na História: lições introdutórias. São Paulo: Max Limonad, 2016.

MAQUIAVEL, Nicolò. O Príncipe. Tradução de Lívio Xavier. São Paulo: Edipro, 1994.

MARTINS, Argemiro Cardoso Moreira. O Direito Romano e seu ressurgimento no final da Idade Média, in WOLKMER, Antônio Carlos (org.) Fundamentos de história do direito. 2ed. rev. e ampl. Belo Horizonte: Del Rey, 2002.

MONTAGNER, Airto Ceoli; SILVA, Amós Coêlho da. Dicionário Latino-Português. Petrópolis: Vozes, 2009.

MORAES, Alexandre de. Direitos Humanos fundamentais: teoria geral, comentários aos arts. 1º a 5º da Constituição Federativa do Brasil, doutrina e jurisprudência, São Paulo: Atlas, 2015.

NORONHA, E. Magalhães. Direito Penal. São Paulo: Saraiva, 2004.

PINSKY, Jaime; PARAIN, Luis Vitale; CAHEN, S.I. Kovaliev.Modo de Produção Feudal. 4ª ed. Rio de Janeiro: Global, 1986.

SILVA, José Afonso da. Curso de direito constitucional positivo. 39ª ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2016.

SILVA, José Geraldo da. Teoria do Crime. 3ª ed. Campinas: Millennium, 2007.

SÓFOCLES. Antigone. Tradução J. B. de Mello e Souza. Versão para eBook. Fonte Digital. Digitalização do livro em papel. Clássico Jackson, Vol. XXII, 2005.

VÉRAS NETO, Francisco Quintanilha. O direito romano clássico. In: WOLKMER, Antonio Carlos (org.). Fundamentos de história do direito. 2a ed. Belo Horizonte: Del Rey, 2001.

WOLKMER, Antônio Carlos. Síntese de uma História das Ideias Jurídicas: da antiguidade clássica à modernidade. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.26668/IndexLawJournals/2526-009X/2017.v3i2.2584

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.