AS CONDIÇÕES DEGRADANTES DOS DETENTOS NOS PRESÍDIOS DO BRASIL E O RE 580.252: UMA ANÁLISE À LUZ DOS DIREITOS HUMANOS

Vinícius Pinto Moura, Sidney Guerra

Resumo


Nossoobjetivo édiscutir arecente decisão do Supremo Tribunal Federal, acerca da responsabilização do Estado emindenizar detento submetido a condição degradanteno âmbito do sistema prisional. O tema ganharelevância no contexto da crise de segurança enfrentada pela sociedade brasileira, porque,na esteira do desenvolvimento de uma “cultura do medo”, grupos estigmatizam e desumanizam os detentos, entendendo que estes nãopossuem direitos, pois escolherama “vida do crime”.Nossa reflexãotem como pontos o dilema entre segurança pública e direitos humanos ecomo o sistema de proteção aos direitos humanos no plano interno e externo fundamentaram a decisão.


Palavras-chave


Direito dos presos. Direitos Humanos. Supremo Tribunal Federal.

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Ana Maria; JORDÃO, Maria Perpétua Dantas. A cidadania e o sistema penitenciário brasileiro. Disponível em https://www.ufpe.br/ppgdh/images/documentos/anamb1.pdf. Acesso em 19/05/2017.

BATISTA, Nilo. Introdução crítica ao Direito Penal brasileiro. Rio de Janeiro: Revan, 2007.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Recurso Extraordinário 580.252. Recte.(s) Defensor Público-Geral do Estado do Mato Grosso. Recdo. (a/s) Estado de Mato Grosso do Sul. Relator: Min. Teori Zavascki. Brasília, 12 de março de 2008.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. ARE 662.563 AgR/GO, DJe de 02/04/2012, Min. GILMAR MENDES. 2012.

CÂMARA, Alexandre Freitas. O Novo Processo Civil Brasileiro. São Paulo: Atlas, 2016.

CIDH. CONVENÇÃO AMERICANA. Disponível em: . Acesso em 20 de abril de 2017.

DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. São Paulo: Atlas, 2015.

GUERRA, Sidney. Direitos Humanos: curso elementar. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2016.

GUERRA, Sidney. Direitos humanos e cidadania. São Paulo: Atlas, 2012.

GUERRA, Sidney. Reflexões sobre direitos humanos e violência. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 2008.

GUERRA, Sidney; EMERIQUE, Lilian. O princípio da dignidade da pessoa humana e o mínimo existencial. Disponível em http://fdc.br/Arquivos/Mestrado/Revistas/Revista09/Artigos/Sidney.pdf. Acesso em 20/05/2017.

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. São Paulo: Malheiros, 2015.

MORAES, Regis de. O que é a violência urbana. São Paulo: Brasiliense, 1993.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários a uma educação do futuro. São Paulo: Cortez, 2000.

PROJETO Cidadania nos presídios. Disponível em http://www.cnj.jus.br/sistema-carcerario-e-execucao-penal/cidadania-nos-presidios. Acesso em 18/05/2017.

VERDÚ, Pablo Lucas. O sentimento constitucional: aproximações ao estudo do sentir constitucional como modo de integração política. Rio de Janeiro: Forense, 2004

ZAFFARONI, Eugenio Raúl. Em busca das penas perdidas: a perda da legitimidade do sistema penal. Trad. Vânia Romano Pedrosa. Rio de Janeiro: Revan, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.21902/2526-0065/2017.v3i1.2238

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.