ENSINO JURÍDICO EM INSTITUIÇÕES PRIVADAS: REALIDADES E DESAFIOS

MARIANA DIONÍSIO DE ANDRADE, MARCELO DIAS PONTE

Resumo


A pesquisa objetiva responder o seguinte problema: é possível construir um diálogo entre ensino jurídico de alto nível e proliferação desordenada de cursos de Direito? Para responder à questão, é necessário considerar a relação entre aumento do número de cursos, decrescente qualidade do conteúdo, mecanismos de seleção deficientes e baixa exigência sobre a formação docente. A pesquisa é qualitativa, com suporte em revisão de literatura. Conclui-se que não é possível conciliar ensino jurídico de alto nível com proliferação de cursos, porque mecanismos institucionais de fiscalização para implementação real dos planos de ensino são insuficientes, comprometendo a qualidade da formação superior.


Palavras-chave


Ensino jurídico. Instituições privadas. Cursos de Direito. ENADE. Análise de dados.

Referências


BEZERRA, Roberta Teles. Ensino jurídico e direitos fundamentais. Expressão Gráfica e Editora: Fortaleza, 2008.

BRASIL. Lei nº 10.861 de 14 de abril de 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências. Senado, Brasília, DF, 2004.

DEMO, Pedro. O bom docente. Temas Pedagógicos, 25. Universidade de Fortaleza: Fortaleza, 2008.

FGV PROJETOS. Exame de Ordem em Números. Disponível em: < http://fgvprojetos.fgv.br/publicacao/exame-de-ordem-em-numeros >. Acesso em: 02 ago. 2017.

INEP. Sinopses Estatísticas da Educação Superior 2016. Disponível em: < http://portal.inep.gov.br/web/guest/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior>. Acesso em: 02 ago. 2017.

KELSEN, Hans. Teoria Pura do Direito. 6 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

MELO FILHO, Álvaro de. Metodologia do ensino jurídico. Fortaleza: Fortaleza, 1977.

________. Reflexões sobre o ensino jurídico. Rio de Janeiro: Forense, 1986.

MERCADO, Luis Paulo Leopoldo. Metodologias de ensino com tecnologias da informação e comunicação no ensino jurídico. In: Revista da Avaliação da Educação Superior, Sorocaba, vol. 21, n. 1, pp. 263-299, 2016.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Instituições de Educação Superior e Cursos Cadastrados. Disponível em: < http://emec.mec.gov.br/>. Acesso em: 02 ago. 2017.

________. Portaria Normativa nº 20 de 19 de dezembro de 2014. Estabelece os procedimentos e o padrão decisório para os pedidos de autorização dos cursos de graduação em direito ofertados por Instituições de Educação Superior – IES. Brasília, 2014.

________. Diretrizes Curriculares para o Curso de Direito, 2000. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/dir_dire.pdf >. Acesso em: 02 ago. 2017.

MOURA, João Carlos da Cunha. Ensino jurídico: da reprodução à arte cátedra. In: Revista Espaço Acadêmico, vol. 18, n. 181, pp. 30-40, 2016.

PÉREZ, Natália Gaspar; MEDINA, Rosa Elia Robles; VERA, Juliana Vivar. Deformación de la enseñanza juridica. Efecto colateral de la globalización. In: Revista Brasileira de Direito, vol. 12, n. 1, pp. 192 -202, 2016.

PINTO, Adriano. A OAB nos 170 anos do ensino Jurídico. In: Ensino Jurídico OAB 170 anos de cursos jurídicos no Brasil. Brasília: OAB Conselho Federal, 1997.

PÔRTO, Inês da Fonseca. Ensino jurídico, diálogos com a imaginação. Sergio Antonio Fabris Editor: Porto alegre, 2000.

RODRIGUES, Horácio Wanderlei. Ensino jurídico: Saber e Poder. Acadêmica: São Paulo, 1988.

SCAFF, Fernando Facury. Ensino jurídico: o controle público e social da atividade educacional. In: OAB Recomenda: Um Retrato dos Cursos Jurídicos. Conselho Federal da OAB: Brasília, 2001.

TAGLIAVINI, João Virgílio. Aprender e ensinar direito. Edição do autor. São Carlos, 2014.

UCHIMURA, Guilherme Cavicchioli. Por um metadogmatismo no ensino jurídico: o pensamento jurídico crítico como corte epistemológico. In: Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, vol. 8, n. 2, pp. 358-373, 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.26668/IndexLawJournals/2525-9636/2017.v3i2.2224

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.